Copiar e Colar no iPhone

20 08 2008

Se antes copiar e colar já fazia falta no iPhone, agora com essa miríade de aplicativos está ficando essencial. Você lê alguma coisa no Safari e quer tomar nota ou publicar em seu blog. Vê um link para um repositório novo do Installer ou Cydia e quer acrescentar. Mas como lembrar da URL exatamente? Você tem que escrever em um papel, fechar o Safari, abrir o Installer e acrescentar o endereço. Ou ainda, você lê uma palavra e quer a tradução dela, precisa então fechar o aplicativo, abrir seu dicionário no iphone e escrever a palavra torcendo para lembrar da grafia correta.

A Apple diz que um copy&paste está na lista de coisas a serem feitas (doravante to-do list, hehehe), mas que não é prioridade e vai empurrando com a barriga.

A algum tempo atrás teve um zum-zum-zum de um aplicativo que tinha a função (MagicPad), mas só funcionava dentro do aplicativo. E aí está mais um problema. De acordo com as diretrizes do SDK do iPhone, um desenvolvedor não pode criar um aplicativo que funcione no background, isto é, que fique funcionando na “surdina” atrás de outros aplicativos que estão sendo usados no momento e que chame sua atenção quando um evento acontece. Como o seu Messenger (no MAC você usa o Adium, não?) que fica ligado em seu computador e te avisa quando você recebe uma mensagem.

Acontece que um estudante descobriu que existe uma área da memória do iPhone que é compartilhada, assim um aplicativo poderia escrever nessa memória (copiar) e outro aplicativo poderia ler dessa área (colar). Então ele desenvolveu um framework para essa tarefa. Mas existem dois detalhes: primeiro, para que isso funcione o desenvolvedor de um aplicativo deve acrescentar esse recurso no seu trabalho. Isso porque outra limitação é que a Apple não permite que um desenvolvedor crie um plug-in para outro aplicativo (questões de segurança eu imagino). Então para que o framework funcione na prática, vários aplicativos devem ter a implementação.

Segundo, embora aparentemente o aplicativo não fira as diretrizes da Apple, ela não se pronunciou sobre isso e somente quando os aplicativos que têm a função forem submetidos para a aprovação é que vamos saber disso.

Veja um video de como funciona:

E aqui o site do desenvolvedor. Tem uma lista também de aplicativos que pretendem usar o framework.

Aí uma sugestão para a Apple: comprem os direitos do framework do rapaz e implementem algo parecido oficialmente.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: